Robot Extreme Competition

R.E.C - Muito mais que combate, um desafio!

Novidades/Destaques


 

A cada ano a necessidade faz com que os projetos evoluam e que as equipas reparem as falhas antes encontradas levando o seu projeto a um nível superior.

Aqui poderão encontrar os projetos que mais chamaram a atenção pela tecnologia utilizada, inovação, desempenho e também pela importância e peso que teve na modalidade, assim como eventos que sejam pertinentes a robótica.

 

 

 ________________________________________________________________

Destaque do mês de Abril:

 Evento: 2012 FRA UK Featherweight Championship

  

 É com imenso orgulho que nós, REC Team, nos sagramos a primeira equipa a representar Portugal em uma competição da modalidade e a nível internacional.

 

A competição decorreu entre os dias 13 e 15 de Abril, tendo como local o National Exhibition Centre - NEC - em Birmingham/UK. O evento contou com 44 robôs vindos de vários países, sendo 2 de Portugal, Rabid e Galactus.

Nomes que ficaram marcados no evento, por terem surpreendido muitos construtores experientes. Galactus teve uma excelente prestação, nunca sendo imobilizado em nenhum dos combates e ainda tendo imobilizado um dos seus oponentes com apenas um golpe. 

 Consideramos a nossa participação como sendo extremamente importante para a evolução da modalidade em Portugal, o dar a conhecer a outros competidores a países a existência de tal atividade em Portugal suscitou um grande interesse por parte de outras equipes de virem a competir em uma futura competição Portuguesa.

 Agradecemos a Robert Mauser, lda, pelo indispensável apoio, desde a criação da nossa Organização até agora. 

Esperamos poder voltar a representar a nossa modalidade novamente e assim também contribuir para a evolução tecnológica nacional!

 

 Obrigado a todos,

 

Guilherme Ferreira

Robot Extreme Competition 

 

 

 

 

 

 

 

 

 2011

 

 ________________________________________________________________
Destaque do mês de Abril: 

Robô: Biribinha Atómica

  

 

Nome:Biribinha Atómica
Equipa:Kimaunisso
Origem:Brasil
Categoria:Combate
Classe:

featherweight

 

 Um óptimo projecto criado pela equipa "Kimauanisso", baptizando o robô como Biribinha Atómica, um projecto que surpreendeu e deixou muitos curiosos, trata-se de um robô rampa com 2 discos de aço.

Um robô extremamente rápido e muito agil, que logo no primeiro campeonato da ROBOCORE obteve o primeiro lugar,deixando obviamente a equipa em questão orgulhosa pelo sucesso do robô e pelo seu bom desempenho.

 

________________________________________________________________

Destaque do mês de Março: 

Robô: Bender

      

Nome:Bender
Equipa:TeamRotwang
Origem:Austrália
Categoria:Combate
Classe:

featherweight

 

O quadro do robô permite a rápida adaptação de motores e um disco de maior energia cinética, embora as armas já não são modulares, possui um quadro modular, como armadura utiliza um pneu para suportar impactos gerados pelos seus adversários, como arma possui um disco dentado que gira a alta velocidade impulsionado por um  motor de ventilador de carro . O seu recorde de combates é, 6 vitorias/4 derrotas.

 

         n1f6oYTXez0

________________________________________________________________
Destaque do mês de Fevereiro:

Robô: Demolidor

 

Nome:Demolidor
Equipa:Firetiger
Origem:Portugal
Categoria:Combate
Classe:featherweight

O projecto Demolidor  é um dos mais antigos em Portugal, construído pela primeira vez em 2003/2004, pertencendo à categoria featherweight (13,6 kg). Este robô possui um grande diferencial, possui uma estrutura externa em Alumínio aeronáutico 7075 e 5083, tornando este robô muito robusto, na parte frontal ele possui 2 blocos de Alumínio de 20mm 7075,  o mesmo possui uma estrutura interna  por por perfis de aço. Devido ao seu peso, as suas laterais e base foram protegidas por  placas de Alumínio 5083 com 5mm de espessura, na arma um disco de Alumínio com 18mm de espessura 7075, está em fase de desenvolvimento um "braço mecânico" que em caso de capotagem bastará accionar o "braço mecânico" que ele voltará a ficar na suaposição de combate.

 

________________________________________________________________
Destaque do mês de Janeiro:

Robô: Hypnos

Nome:Hypnos
Equipa:Thunderatz
Origem:Brasil
Categoria:Combate
Classe:featherweight

A estrutura interna do robô é concebida em alumínio aeronáutico  (7075-T6), composto pelo MagMotor S28-150 (motor DC de 2500 W) que é o motor mais potente usado nesta categoria nas competições, a sua locomoção é constituída por dois motores DC (RS-775) e suas respectivas reduções planetárias.

Este robô possui dentes de aço ferramenta (S7) temperado (48HRc) acoplados à carcaça rotativa e com rotação: 3000 RPM, inércia 0,415Kgm², o que torna este robô uma perfeita escolha de combate para featherweight neste tipo de categoria.

BnH6iDoCNbo

________________________________________________________________
2010

Destaque do mês de Dezembro:

Robô: Shaka

Nome:Shaka
Equipa:MH Robotics
Origem:Reino unido
Categoria:Combate
Classe:featherweight

 

Shaka, o maior e mais eficiente robô da equipa, a primeira versão do mesmo manteve o layout básico do primeiro featherweight da equipa, mas melhorado em todos os aspectos.

Embora bastante espaço e peso do robô (2.3Kg) seja dedicado a arma, ele ainda possui um sistema de locomoção capaz de transportar o robô de um lado ao outro da arena de forma segura. Assim como também ostenta uma armadura resistente e preparada para os golpes dos adversários.

i2K_n0HsIYM

Mais informaçôes: http://mhrobotics.com/?page_id=65

________________________________________________________________
Destaque do mês de Novembro:

Robô: Caolho

Nome:Caolho
Equipa:Androidoss
Origem:Brasil
Categoria:Combate
Classe:featherweight

Caolho, construído com retalhos de chapas de aço de 1/4", foi um robô que chamou a atenção com a sua robustez e eficiência em combate. Construído apenas dois finais de semana. Mesmo assim conquistando o 3º lugar na sua primeira participação.

Utilizando de uma estrutura básica bem simples, o robô Caolho modifica suas armas de acordo com o oponente. Este robo pode assumir as características de um Wedge, Rammer, Overhead Twachk, até um pequeno spinner foi cogitado. 

Componentes:

Duas caixas de redução Robocore DWNS
Dois motores De Walt New Style
Dois controladores Victor
Um Circuito BEC ( Battery Eliminator Circuit)
Um mixer V-Tail.
Um pack de 5S de LiFePo.
Uma chave geral Robocore CG40

Caolho em acção:
jsAWXE-s73U

________________________________________________________________
Destaque do mês de Outubro:

Robô: Jubileu

Nome:Jubileu
Equipa:Uai!rrior
Origem:Brasil
Categoria:Combate
Classe:featherweight

 

Jubileu, um robô com bastante  visibilidade devido ao seu fabuloso design e mobilidade no decorrer dos combates, mesmo sendo um projecto construído durante a véspera de competição, ele demonstrou um bom desempenho, obtendo assim o 3º lugar na sua categoria e o prémio de melhor design.
 
Um robô inspirado num middleweight, com uma boa estrutura concebida em Alumínio 7075 e uma barra de aço, este robô demonstrou bastante resistência e  agilidade devido à sua baixa inércia, permitindo assim que a barra entre em rotação e volte ao repouso em intervalos de tempo muito pequenos.

Jubileu em acção:
9n63p5k2gZc

Mais informações em: www.uairrior.unifei.edu.br/

________________________________________________________________
Destaque do mês de Setembro:

Robô: Trem

Nome:Trem
Equipa:Trincabotz
Origem:Brasil
Categoria:Combate
Classe:Hobbyweight
Grandes modificações e aperfeiçoamentos permitiram a trincabotz com o seu projecto "trem" atingirem o ponto mais alto do pódio, campeão na mais conceituada competição brasileira de robôs de combate, sem nenhuma derrota, contando com vitórias por K.O e por pontos, mostrando-se sempre  eficiente a cada investida contra o adversário.

O projecto "trem" foi concebido com o intuito de causar danos indirectos no adversário, utilizando a sua própria velocidade para fazer o mesmo subir pela rampa e ser lançado ou até mesmo empurrado até um dos cantos da arena.

Para isso conta com:

-4 motores integy matrix pro lathe.
-Rampa em aço H13
-Estrutura feita em alumínio aeronáutico 7075.
-Partes em policarbonato e composto de carbono, kevlar e resina na base.

Trem em ação:
MknF3wQzm9M


________________________________________________________________
Destaque do mês de Agosto:

Robô: Anibus


Nome:Anibus
Equipa:Riobotz
Origem:Brasil
Categoria:Combate
Classe:Midlleweight

Robô que utiliza a sua própria inercia para causar danos no adversário, Anibus  recebeu esse nome devido à forma de seu martelo, que lembra o perfil do Deus egípcio da morte.
Conseguia desferir golpes com suas placas de aço e contava com uma agilidade ímpar nas arenas nacionais, sendo possivelmente o robô mais rápido a participar dos combates de robôs no Brasil até hoje.

Link para mais informações: http://www.riobotz.com.br/anubis.html
________________________________________________________________w
Destaque do mês de Julho:

Evento: Robô Bombeiro 2010



Em sua 8ª edição, o concurso nacional de robótica do Instituto politécnico da Guarda, contou com a participação de 33 equipas (em 3 categorias) com os seus respectivos projectos robóticos que tinham como principal objectivo deslocarem-se dentro de uma arena (casa) e apagar uma fonte de fogo, neste caso uma vela.

A R.E.C participou no mesmo com uma demonstração de um robô de combate e a apresentação de uma plataforma robótica.

Reportagem realizada pela LOCAL TV:






________________________________________________________________w
Destaque do mês de Abril:

Robô: Vingador

        
Nome:Vingador
Equipa:Uai!rrior
Origem:Brasil
Categoria:Combate
Classe:Midlleweight



O Vingador foi um dos robôs que marcaram a história da Guerra de Robôs no Brasil. Além de ser um dos primeiros e mais bem sucedidos robôs a combustão, seu poderoso disco vermelho é referência entre muitos spinners verticais!
________________________________________________________________
Destaque do mês de Março:

Robô: A Besta



Nome:A Besta
Equipa:Uai!rrior
Origem:Brasil
Categoria:Combate
Classe:Midlleweight

A Besta
foi completamente construída em placas de alumínio 7075-T6, fresadas e encaixadas, tornando o robô muito robusto e diminuindo a carga sobre os parafusos de fixação. Sua locomoção é baseada em apenas duas rodas, que ficam distantes entre si para manter uma boa base de equilíbrio e garantir boas curvas.  Suas caixas de redução foram desenvolvidas pela equipe e usinadas em alumínio com engrenagens em aço temperado, movidas por motores de corrente contínua de 1,5 Hp, mesmos motores usados na arma.

A Besta em acção:
0y1kCs0wgsM

Mais informações: http://www.uairrior.unifei.edu.br/


______________________________________________________________
Destaque do mês de Fevereiro:

Robô: DBT (death By Translation)
  

Nome:DBT
Equipa:Terminal Velocity
Origem:E.U.A
Categoria:Combate
Classe:Featherweight

O mais recente projecto da equipa Terminal velocity, o DBT possui apenas uma roda, contando com uma electrónica com uma logica muito complexa, consegue girar o seu corpo a 1000rpm e locomover-se a uma determinada direcção.
É um robô que utiliza toda a sua energia cinética acumulada ao girar para desferir danos em seus adversários.

obQzsOuqapk  

Mais informações: http://teamvelocityrobotics.com/
________________________________________________________________
Destaque do mês de Janeiro:

Robô: Touro



Nome:Touro
Equipa:RioBotz
Origem:Brasil
Categoria:Combate
Classe:Midlleweight

Um dos robôs veteranos nos combate de robôs.
Muito compacto e altamente resistente, o Touro é capaz de suportar enormes impactos desferidos por seus adversários e lança-los a mais de um metro de altura com o seu tambor girando a altíssima velocidade. Sua vantagem é causar um duplo dano: no impacto e na queda!
Com 9 lutas, 7 vitórias e apenas 2 derrotas, ocupa o 2º lugar do ranking Mundial na categoria Midlleweight (botrank.com). cativou até mesmo os mais experientes construtores de robôs de combate a nível mundial!

Touro em acção:
9sTFw4D_xl4


Mais informações: http://www.riobotz.com.br/touro.html
________________________________________________________________

2009


Destaque do mês de Dezembro:
 Robô: Orion v3
 
      
Nome:Orion v3
Equipa:Tritonrobos
Origem:Brasil
Categoria:Combate
Classe:Midlleweight
  Orion é a 3ª versão do projecto original Orion. Utilizando mais tecnologia e conhecimento, a 3ª versão é mais compacta, potente e ágil. Tendo participado em diversos eventos e centenas de combates, o projecto Orion recebeu vários prémios e situando-se sempre entre os melhores robôs de combate, tanto a nível nacional quando internacional. Utiliza  4 motores de arranque na sua locomoção, sendo construído em alumínio 7075, alumínio utilizado em construções aeronáuticas. É classificado como wedge Robôs que possuem uma rampa que tem como principal objectivo fazer o robô adversário capotarem quando sobe a sua rampa. São robôs extremamente rápidos, atingindo em média 25Km/h.
 Orion 3 em acção:
 0lhsDPP5YAk
 
Link do site da equipa: http://www.tritonrobos.com.br/
 ______________________________________________________________

 Destaque do mês de Novembro:

Robô: Raposa

 

                     

Nome:Raposa
Empresa:IdMind
Origem:Portugal
Categoria:Busca e salvamento
Classe:Nenhuma

 

O RAPOSA é um robô projectado para operar em ambientes hostis à presença humana, tais como escombros resultantes de um terramoto ou atentado. É portanto um robô de busca que será utilizado por bombeiros ou outras equipas de busca e salvamento para a avaliação do terreno e identificação de sobreviventes. Este é um projecto que tem como objectivo melhorar as buscas de salvamento e torna-las mais viáveis visto que há locais em que um bombeiro não pode chegar, neste sentido foi desenvolvido com a junção de conhecimentos tanto a nível de salvamento (bombeiros) como também dos responsáveis pelo desenvolvimento do projecto.

Em acção:

79MF6N3WvJw

 

 

 

________________________________________________________________

 Destaque do mês de Outubro:

Robô: Galactus

 

Nome:Galactus
Equipa:X-bot
Origem:Portugal
Categoria:Combate
Classe:Hobbyweight
Arma principal:Robô aríete
 
 Galactus foi o primeiro robô português a ser relatado, tendo sido criado pela equipa X-bot em 2004, tornando-se o robô pioneiro da modalidade em Portugal e mais tarde a base para os próximos projectos realizados pela equipa, o projecto utiliza dois motores de aparafusadeira sem fios 18v para a locomoção, a  electrónica escolhida pela equipa para o projecto foi a mais simples possível, recorrendo ao circuito já feito e utilizado em carros telecomandados "made in china", juntamente com duas pontes H feitas com relés. O robô utiliza o próprio corpo para causar danos no adversário, acumulando energia cinética e libertando-a no impacto.
__________________________________________________________________

 Destaque do mês de Setembro:

Robô: Eugene

 

        

Nome:Eugene
Equipa:Team moon
Origem:E.U.A
Categoria:Combate
Classe:Heavyweight
Arma principal:Barra de impacto horizontal
Eugene foi o primeiro robô projectado e construído pela Team Moon ele é 100% projectado em CAD. Sendo o primeiro robô de combate a ser projectado primeiramente em CAD, em vez de utilizar estudos profundos  em papel e protótipos de madeira em escala, para só depois partir-se para o projecto final. Com a ajuda do CAD, foi possível poupar trabalho e levando  que o mesmo fosse um projecto mais fiável.
 
 Eugene em acção:
 
 Oea979z-O_c
 
 
 
 
__________________________________________________________________

 

Destaque do mês de Agosto:

Robô: Terminal Velocity

 

Nome:Terminal Velocity
Equipa:Team Velocity
Origem:E.U.A
Categoria:Combate
Classe:midlleweight
Arma principal:Barra de impacto vertical

 Com 15 combates, 5 vitórias e 10 derrotas. Terminal Velocity foi o primeiro robô  midlleweight que a equipa teve, com 54.4kg, é a actual versão em que o projecto se encontra, é um dos robôs que sofreu as mais bruscas alterações durante a sua existência, a arma dele é uma grande barra de aço na vertical (24" x 3" .75" Aço de ferramenta S7, Rc 52) que gira em alta velocidade, o motor que faz com que a barra gire é um  Magmotor S28-400 que possui uma potência de aprox. 3500W, fazendo deste robô um dos mais temidos pelos participantes, a maioria das suas derrotas era devido a barra partir-se, deixando o robô instável, mas esse erro já foi corrigido, trocando a barra que antes era de alumínio para uma em aço ferramenta.

 

 Terminal Velocity em acção:

gZQXMpD1ruk

Para mais informações sobre o robô e outros projectos da equipa visite o site: http://www.teamvelocityrobotics.com